Bem vindo ao Portal do IGc USP

Notícias


04.09.18 10:00 Tempo: 20 days
Biblioteca

Um retrato do descaso com a cultura e a pesquisa no Brasil

 


Chamar o fogo que consumiu o acervo de 20 milhões de itens do Museu Nacional do Rio de Janeiro de "tragédia anunciada" é um clichê, sem dúvida. Mas até os clichês são verdadeiros quando se coloca na mesa o descaso que a cultura brasileira vem vivenciando desde? talvez desde 1892, quando o Museu Nacional saiu de seu espaço no Campo de Santana, no centro do Rio, e se encastelou no Palácio São Cristóvão, na Quinta da Boa Vista, na Zona Norte carioca.

 

O lugar de reis e imperadores era, já há algum tempo, o lar de figuras ilustres como Luzia, com seus mais de 11 mil anos de idade, de Sha-amun-em-su, a cantora egípcia eternamente recolhida a seu sarcófago, e monstros pré-históricos cuidadosamente reconstruídos - isso, entre tantos milhões de peças. Mas nem Luzia nem a múmia cantante nem pterodáctilos, que resistiram ao tempo, sobreviveram ao descaso oficial.Um descaso que, infelizmente, ilustra bem como são tratadas a ciência, a cultura e a história no Brasil.

 

Saiba mais em: bit.ly/2LUtATy


 





Direitos Reservados © 1999-2018  Instituto de Geociências - Universidade de São Paulo
Login | Créditos